Lei da Intenção e do Desejo

5

A Lei da Intenção e do Desejo

É inerente a toda intenção e a todo desejo o mecanismo da sua realização… a intenção e o desejo tem, no campo da potencialidade pura, o poder da organização infinita. E quando introduzimos uma intenção no campo fértil da potencialidade pura, colocamos essa infinita organização a nosso serviço. No princípio havia o desejo, a primeira semente da mente. Os sábios, meditando em silêncio, descobriram em sua sabedoria a ligação entre o existente e o não existente.

Hino da criação, do Rig Veda

 

A quinta lei espiritual do sucesso é a lei da intenção e do desejo. Essa lei fundamenta-se no fato de que a energia e a informação existem em toda parte na natureza. De fato, no nível do campo quântico, não há nada além de energia e informação. Campo quântico é apenas outro nome do campo da consciência pura ou da potencialidade pura. E esse campo quântico é influenciado pela intenção e pelo desejo. Vamos examinar o processo detalhadamente.

 

Uma flor, uma árvore, uma folha, o corpo humano, o arco-íris, quando reduzidos a seus componentes essenciais, são energia e informação. Todo o universo, em sua natureza essencial, é movimento da energia e da informação. A única diferença entre você e uma árvore é o conteúdo de energia e informação que carregam. Tanto você quanto a árvore, a nível físico, são feitos dos mesmos elementos: em sua maior parte carbono e também hidrogênio, nitrogênio e outros elementos em quantidades menores. Esses elementos podem ser comprados numa loja por pequenas quantias de dinheiro. A diferença entre você e a árvore, portanto, não é o carbono, o hidrogênio, o oxigênio. Na verdade, você e a árvore estão constantemente trocando carbono e hidrogênio entre si. A diferença real entre ambos está na energia e na informação. No âmbito da natureza, você e eu somos espécies privilegiadas. Temos um sistema nervoso capaz de nos tornar conscientes do conteúdo energético e informativo desse campo localizado, que dá origem ao nosso corpo físico. Nós experimentamos esse campo subjetivamente na forma de pensamentos, sentimentos, emoções, memórias, instintos, impulsos, princípios. Objetivamente, o mesmo campo é experimentado como corpo físico e, através do corpo físico, como mundo. Mas é tudo a mesma coisa. Por isso os nossos ancestrais exclamavam: “eu sou isto, você é isto, tudo é isto, e isto é só o que há”. Seu corpo não está separado de corpo do universo porque, segundo a teoria quântica, não há limites bem definidos. Você é como uma agitação, uma ondulação, uma flutuação, um redemoinho, uma perturbação localizada no campo quântico maior. O grande campo quântico – o universo – é o seu corpo estendido. O sistema nervoso humano é capaz de perceber a energia e a informação contidas em seu próprio campo quântico. E mais: por ser a consciência humana infinitamente flexível através de seu maravilhoso sistema nervoso, você também é capaz de mudar conscientemente o conteúdo informativo, que dá origem ao seu corpo físico.

 

Você pode mudar conscientemente o conteúdo energético e informativo no próprio quantum do corpo mecânico, portanto, pode influenciar o conteúdo energético e informativo de seu corpo estendido – e fazer com que as coisas se manifestem nele. A mudança consciente acontece através de duas qualidades inerentes à consciência: a atenção e a intenção. A atenção energiza; a intenção transforma. Quando você concentra sua atenção em alguma coisa, ela fica mais forte em sua vida. Quando você afasta a atenção de alguma coisa, ela enfraquece, desintegra e desaparece. A intenção, por sua vez, detona a transformação da energia e da informação. A intenção organiza a sua realização. A qualidade da intenção no objeto da atenção rege uma infinidade de acontecimentos no tempo-espaço de modo a alcançar o resultado pretendido, desde que a pessoa siga as outras leis espirituais do sucesso. Tudo isso porque a intenção, no terreno fértil da atenção, tem poder de organização infinita. Este poder significa a capacidade de organizar uma infinidade de eventos no tempo-espaço, todos ao mesmo tempo. Vemos a expressão dessa infinita organização em cada folha de grama, em cada botão de flor, em cada célula do nosso corpo. Nós a vemos em todas as coisas vivas. No campo da natureza, tudo se correlaciona e se interliga. Vemos a marmota sair da terra e sabemos que ela vai saltar. Em determinada época do ano vemos os pássaros migrar numa certa direção. A natureza é uma sinfonia, e essa sinfonia está sendo silenciosamente regida no terreno supremo da criação. O corpo humano é outro bom exemplo dessa sinfonia. Uma única célula do corpo humano faz cerca de seis milhões de coisas por segundo, e ainda sabe o que todas as outras células estão fazendo, ao mesmo tempo. O corpo humano pode tocar música, matar germes, fazer filhos, recitar poesia, monitorar o movimento das estrelas, tudo ao mesmo tempo, porque o campo das correlações infinitas faz parte do seu campo informativo. O notável em relação ao sistema nervoso do ser humano é que ele pode comandar esse poder de organização infinita através da intenção consciente. A intenção, na espécie humana, não é fixa, nem está presa numa teia rígida de energia e informação. Tem flexibilidade infinita. Em outras palavras, desde que você não viole nenhuma das leis da natureza, poderá, através da sua intenção, literalmente, comandar as leis da natureza para realizar seus sonhos e desejos.

Podemos fazer com que o computador cósmico, com seu poder de organização infinita, trabalhe para nós. Podemos entrar no supremo terreno da criação e introduzir uma intenção. Ao fazer isso, ativamos o campo das correlações infinitas. A intenção lança as bases para o fluxo tranqüilo, espontâneo e natural da potencialidade pura, que busca expressar-se do não manifesto ao manifesto. A única exigência á que você use sua intenção em benefício do ser humano. Isso acontece espontaneamente quando você está em alinhamento com as sete leis espirituais do sucesso. A intenção é o poder que move o desejo. A intenção por si só é muito poderosa, porque é o desejo desvinculado do resultado. O desejo sozinho é fraco, porque na maioria das pessoas é atenção vinculada. A intenção é o desejo com estrita aderência a todas as outras leis, mas particularmente à lei do distanciamento, que é a sexta lei espiritual do sucesso.

A intenção e o distanciamento combinados levam à consciência do momento presente centrado na vida. E quando uma ação acontece com a consciência do momento presente, ela é mais eficiente. Sua intenção é para o futuro, mas sua atenção está no presente. Se sua atenção está no presente, a intenção futura se manifestará, pois o futuro é criado no presente. Você tem de aceitar o presente como ele é. Aceite o presente e pretenda o futuro. O futuro é algo que sempre pode ser criado através da intenção distanciada, mas nunca se deve combater o presente. O passado, o presente e o futuro são propriedades da consciência. O passado representa as recordações, a memória. O futuro é antecipação. O presente é consciência. Portanto, o tempo é movimento do pensamento. Tanto passado quanto futuro são frutos da imaginação. Somente o presente é consciência, é real, é eterno. Ele é. É o potencial do tempo-espaço, da matéria, da energia. É o eterno campo das possibilidades experimentando-se como forças abstratas, sejam elas de luz, calor, eletricidade, magnetismo ou gravidade. Essas forças não estão nem no passado nem no futuro. Elas simplesmente existem. Nossa interpretação dessas forças abstratas permite a experiência do fenômeno concreto e da forma. Relembrar interpretações das forças abstratas produz a experiência do passado. Interpretações antecipatórias dessas mesmas forças criam o futuro. Tanto uma quanto a outra são qualidades da atenção na consciência. Quando essas qualidades estão livres dos pesos do passado, a ação no presente torna-se um terreno muito mais fértil para a criação do futuro.

A intenção assentada na liberdade, distanciada do presente, serve de catalisador a uma mistura certa de matéria, energia, eventos no tempo-espaço para criar tudo o que você quiser. Se você tiver consciência do momento presente centrado na vida, os obstáculos imaginários – que são mais de noventa por cento dos obstáculos percebidos desintegram-se e desaparecem. Os restantes cinco a dez por cento dos obstáculos percebidos podem ser transmutados em oportunidades, através da intenção unidirecionada. Intenção unidirecionada é qualidade da atenção. Ela é inflexível em seus rígidos propósitos. Intenção unidirecionada é manter a atenção num objetivo almejado com tanta determinação capaz de impedir que os obstáculos consumam e dissipem a qualidade focalizada da sua atenção. Os obstáculos são, assim, completamente excluídos da sua consciência. Você passa, então, a manter uma serenidade inabalável ao mesmo tempo em que está apaixonadamente comprometido com seu objetivo. Esse é o poder da consciência distanciada e da intenção unidirecionada e focalizada, atuando simultaneamente. Se aprender a usar o poder da intenção você poderá obter qualquer coisa que deseja, serenamente.

Poderá, também, através de enorme esforço e tentativas conseguir resultados. Mas isso tem um preço: o preço do estresse, do ataque cardíaco, do mau funcionamento de seu sistema imunológico. É mais fácil, portanto, e melhor, seguir os cinco passos da lei da intenção e do desejo. Quando você opta por essa forma de realizar seus desejos, a intenção gera seu próprio poder:

1) Escorregue no espaço vazio, o que significa centrar sua atenção naquele espaço silencioso entre pensamentos, entrar no silêncio, naquele nível do ser que é seu estado essencial.

2) Assentado nesse estado do ser, libere suas intenções e seus desejos. Se você estiver realmente no espaço vazio entre pensamentos, não terá nenhum pensamento, nenhuma intenção. Mas quando sair desse espaço silencioso – quando estiver no limite desse espaço e do pensamento – introduza a intenção. Se você tem vários objetivos, escreva-os num papel e focalize neles a sua intenção, antes de entrar no espaço vazio. Se quer uma carreira de sucesso, por exemplo, entre no vazio com essa intenção e já a encontrará lá, como uma leve cintilação em sua consciência. Liberar suas intenções e seus desejos significa plantá-los no terreno fértil da potencialidade pura e esperar que floresçam na hora certa. Você não vai querer desencavar as sementes de seus desejos para ver se germinam, nem ficar preso a elas para saber de que forma vão se abrir. Simplesmente deseja que germinem.

3) Permaneça no estado de auto-referência. Isso significa reter-se na consciência do verdadeiro Eu – em seu espírito, em sua conexão com o campo da potencialidade pura. Significa, também, não olhar para si mesmo com os olhos do mundo, ou deixar-se influenciar pelas opiniões e críticas dos outros. Uma maneira útil de conservar esse estado de autoreferência é guardar seus desejos para si. Não os compartilhe com mais ninguém, a menos que o outro tenha o mesmo desejo e o compartilhe intimamente com você.

4) Desvincule-se dos resultados. Ou seja, desista do apego rígido a um resultado específico para viver na sabedoria da incerteza. Desfrute todos os momentos da jornada de sua vida, mesmo sem saber quais serão os resultados.

5) Deixe que o universo cuide dos detalhes. Suas intenções e seus desejos, quando liberados no espaço silencioso entre os pensamentos têm um poder de organização infinita. Deixe que esse poder de organização infinita de intenção cuide de todos os detalhes para você.

Lembre-se de que sua verdadeira natureza é a do espírito puro. Leve sempre consigo a consciência do espírito, libere gentilmente os seus desejos e o universo cuidará de tudo para você.

 

Aplicação da lei da intenção e do desejo

Você pode colocar a lei da intenção e do desejo em ação assumindo o compromisso de dar os seguintes passos:

1) Fazer uma lista de todos os seus desejos. Carregar essa lista para todos os lugares. Olhar para ela antes de entrar em silêncio e meditação. Olhar antes de adormecer à noite. Olhar quando acordar pela manhã.

2) Liberar a lista de seus desejos e a soltar no ventre da criação. Confiar. Se as coisas não saírem como deseja, há uma razão para isso. O plano cósmico com certeza terá desígnios maiores para você do que os que possa conceber.

3) Lembrar de praticar a consciência do momento presente em todas as ações. Não permitir que os obstáculos consumam e dissipem a qualidade da atenção no momento presente. Aceitando o presente como ele é, o futuro se manifestará nas intenções e nos desejos mais caros e profundos.

Extraído do livro “As 7 Leis Espirituais do Sucesso”, Deeepak Chopra

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *